logotipo
logotipo

Notícias DONMARIO

VOLTAR

As lavouras de soja capturam mais carbono da atmosfera do que as florestas

ssoja dmSegundo o pesquisador da Cooperativa dos Agricultores do Plantio Direto (Cooplantio) Dirceu Gassen – que desenvolveu pesquisas para a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) por mais de 20 anos – em entrevista ao Olhar Direto, por telefone, as lavouras de soja capturam mais carbono da atmosfera do que as florestas.

A fotossíntese da soja é mais atuante do que das árvores, já que as florestas estão em equilíbrio – consumindo e soltando gás carbônico. As plantações de soja, ao contrário, estariam apenas consumindo a concentração de carbono.

Gassen afirma que a agricultura não é agente poluidor do meio ambiente, mas sim ao contrário, aduzindo que, com a lavoura, todos os anos são produzidas toneladas de biomassa. O pesquisador diz que estudos da Embrapa nesse sentido já existem e que falta maior disseminação dessas informações por parte dos próprios agentes do agronegócio. Ele exemplifica a tese informando que a cada três toneladas de soja colhida, são geradas mais duas t. de palha. São cinco toneladas de matéria seca por hectare, então, o agricultor está “sequestrando” 50% desse volume em carbono.

Para produzir um quilo de carbono, a planta – na fotossíntese – consome 3,66 kg de CO2. “Em um cerrado ou floresta em equilíbrio, as plantas não aumentam a biomassa, porque as folhas caem, apodrecem, se decompõe, mineralizam e outra árvore nasce no lugar. A única forma de “sequestrar” carbono é tirando biomassa e, isso, a soja ou o milho faz, a floresta não, pois ela está em estado de equilíbrio”.

Dirceu Gassen comenta que, na América do Sul, são mais de 40 milhões de hectares em plantações de soja e que se for multiplicar a quantidade de carbono “sequestrada” todos os anos, a conta passará a contar – e muito – a favor do agronegócio, quando a questão for preservação ambiental.

“O agricultor vive uma tensão muito grande em termos de instabilidade. O setor precisa divulgar informações que muita gente desconhece. O agricultor é um guardador dos recursos naturais. Nenhuma outra atividade humana pode “sequestrar” CO2, apenas diminuir a emissão” finaliza o pesquisador, que agora atua como gestor da Área Técnica da Cooplantio.

Fonte: Olhar Direto